• Time Artíbale Faria

Ataque a empresas, porque a cibersegurança é fundamental?

Os sistemas de segurança de diversas empresas vêm sendo atacados com frequência nos últimos tempos. Temos o caso da Renner que relatamos a pouco aqui, e também da JBS. Esses ataques online tem objetivo de chantagear a empresa ao pagamento do resgate dos dados pelo valor de alguns milhões de dólares em Bitcoins.


No Brasil, cerca de 57% das empresas são alvo de fraudes e ataques digitais com certa frequência, de acordo com uma pesquisa feita pelo “Barômetro da Segurança Digital” realizada pela Mastercard em parceria com o DataFolha.


Apesar do alto índice de ataques, o que mais assusta nos resultados é que apenas 32% dessas empresas possuem uma área própria de cibersegurança.


Esse tipo de ataque, quando bem sucedido, tem o poder de causar um enorme rombo nos caixas e alguns outros problemas podem ser recorrentes, como no caso da Renner que ficou com seu site fora do ar pelo prazo de mais de 24 horas.


O fato é que vivemos num mundo completamente conectado nos dias de hoje, isso garante que novos esquemas de fraudes sejam criados diariamente afim de obter lucro em cima dos dados pessoais (o novo petróleo).


Isso significa dizer que o investimento na proteção dos dados deve ser alto e a tecnologia precisa ser aliada da empresa.


É importante também que as empresas tomem algumas medidas de segurança, como atualizar o software e o sistema operacional, ter antivírus, usar senhas fortes, não abrir anexos remetentes desconhecidos, não clicar em links de e-mails de remetentes ou site desconhecidos e evitar usar rede Wi-Fi não segura.


Além de ter um sistema de segurança que realmente funciona e obter sempre assessoria jurídica para conseguir evitar problemas decorrentes desse tipo de ataque.



_______________________________



Escrito por Tamires Damazio