• Time Artíbale Faria

ESG: O que é?

Atualizado: Out 11

ESG vem da sigla em inglês que significa:


  • Environmental (Meio ambiente);

  • Social;

  • Governance (Governança).


É um conjunto de padrões e boas práticas que tem como objetivo de definir se uma empresa é consciente, sustentável e corretamente gerenciada.


Os três pilares básicos que definem se uma empresa tem sustentabilidade empresarial, e se as perspectivas de análise do negócio estão para além das métricas financeiras.


O ESG é o compromisso de incorporar esses pilares à sua estratégia e modelo de negócio, com finalidade de não separar propósito e lucro.


Empresas são necessariamente empregadoras e agentes sociais, isso significa dizer que suas ações conscientes ou não, tem impacto positivo ou negativo, e isso tem um peso gerado por meio dos seus negócios perante todo o seu ecossistema de relacionamento.


Vamos conhecer algumas das exigências de cada um desses pilares?


Ambiental:

  • Gestão de resíduos;

  • Política de desmatamento;

  • Uso de fontes de energia renováveis pela empresa;

  • Posicionamento em relação à questões de mudanças climáticas;

  • Processos dedicados a reduzir ou eliminar a poluição do ar ou da água decorrentes de suas operações;

  • A logística reversa de produtos;

  • A política de negociação com fornecedores (que visa entender como reagem também essas empresas parceiras).


Social:

  • Verificação da taxa de turnover;

  • Plano de previdência para os funcionários;

  • Nível de envolvimento dos colaboradores com a gestão da empresa;

  • Benefícios e vantagens oferecidos aos funcionários;

  • Posição pública ou política sobre questões de direitos humanos;

  • Salário justo;

  • Programa de treinamento, qualificação e desenvolvimento dos colaboradores;

  • Gestão do relacionamento com o cliente, medidas utilizadas para averiguar a satisfação dos clientes;

  • Política corporativa clara que incentive a diversidade, a inclusão e previna o assédio sexual;

  • Declaração de missão da organização.


Governança:

  • Transparência financeira e contábil;

  • Relatórios financeiros completos e honestos;

  • Remuneração dos acionistas;

  • Independência, equidade e diversidade nos conselhos;

  • Integridade e práticas anticorrupção;

  • Gestão de riscos.


E aí? Sua empresa está enquadrada nos pilares da ESG? É muito importante entender que o crescimento em receita traz consigo grandes responsabilidades e deveres enquanto pessoa jurídica, se quiser entender melhor o assunto, procure nosso time de advogados.


_______________________________


Escrito por Tamires Damazio